Passar para o conteúdo principal

Livros com sabor - "Casino Royale"

casino royale

As bibliotecas reabriram. Nós passámos pela ‘vizinha’ Casa da Horta e trouxemos para o Cascais Food Lab, o Casino Royale. Este foi o primeiro livro de Ian Fleming, publicado em 1953 e que deu origem ao Agente Secreto mais famoso de todos os tempos, Bond, James Bond

Vamos agitar este livro ao sabor de um Vodkatini?

Bond ‘nasceu’ no Estoril, em plena Segunda Guerra Mundial, numa altura em que o britânico, Ian Fleming, escritor, jornalista, oficial da Inteligência Naval britânica e supervisor do espião Dusko Popov, esteve hospedado no Hotel Palácio (lugar de encontro e espionagem entre britânicos e alemães). 

Ian Flemimg controlava todos os passos de Dusko Popov. Inspirado neste playboy sofisticado e implacável espião, num ambiente de intriga política que se vivia, e numa visita ao Casino do Estoril, o escritor eternizou-o dando vida a James Bond. Surgiu, assim, o primeiro livro do Agente Especial 007.  

Recomendamos a leitura deste primeiro livro de Ian Fleming acompanhada de um Vodkatini shaken, not stirred (‘agitado, não mexido’), James Bond tem como missão neutralizar uma rede terrorista russa. É num jogo de bacará no Casino Royale (França) que o nosso agente terá de vencer Le Chiffre. Mas o encanto que uma linda agente lhe desperta pode conduzir tudo para um grande desastre.  

Entre a leitura de umas páginas e uns goles de Vodkatini que tal assistir a “Pegadas de Cascais”? Trata-se de uma série de pequenos documentários que percorrem momentos da história em que Cascais teve a sua intervenção, quer enquanto cenário dos acontecimentos quer sulcando ou ajudando a sulcar novos trilhos. O terceiro episódio é dedicado a Ian Fleming